Brazilian Journalism Research está com chamada aberta sobre Jornalismo e Democracia

BJR

A Brazilian Journalism Research convida os pesquisadores a participar do Dossiê “Jornalismo e Democracia”, que receberá artigos que contemplem diversidade de abordagens teóricas, epistemológicas, metodológicas e empíricas da investigação sobre as relações entre o Jornalismo e a Democracia. Os artigos devem ser submetidos até 05 de março de 2016, para serem selecionados para a edição 2016.2, Volume 13, a ser publicada em agosto de 2016. Estão à frente deste dossiê os editores convidados Liziane Soares Guazina (UnB) e Danilo Rothberg (Unesp).

Os artigos devem ser enviados exclusivamente por meio do sistema eletrônico SEER/OJS, disponível no site do periódico:http://bjr.sbpjor.org.br. Em caso de dúvidas, enviar e-mail para bjr@gmail.com.

Como a Brazilian Journalism Research (Qualis B1 CSA1) publica duas versões de cada número (português/espanhol e inglês), os autores dos artigos aceitos enviados em português ou espanhol deverão providenciar a tradução para o inglês. Do mesmo modo, os artigos submetidos e aceitos em inglês deverão providenciar a tradução para português ou espanhol.

Diretrizes para os autores encontram-se no link:http://bjr.sbpjor.org.br/bjr/about/submissions#authorGuidelines

EMENTA

Aceleradas transformações no ambiente político têm ocorrido em países da América Latina, com a emergência na cena pública de novas forças políticas conservadoras na Argentina, Uruguai, Venezuela e Peru, que têm tensionado as disputas eleitorais. Além disso, na Europa, a democracia tem sido testada em seus limites após a crise dos refugiados sírios, os ataques em Paris e a crise econômica grega.

No Brasil, as manifestações de junho de 2013, as eleições presidenciais de 2014, os protestos feministas nas mídias sociais e nas ruas em 2015, a ofensiva conservadora no Congresso Nacional e o atual cenário discursivo de crise político-econômica são alguns dos fatores que têm contribuído para a reconfiguração das dinâmicas políticas, as relações entre oposição e governo e a própria agenda social brasileira. Sucessivas denúncias de corrupção e o aumento da polarização das opiniões públicas também têm contribuído para acirrar ainda mais os ânimos no debate público nacional.

Em meio a essas múltiplas interfaces, o sistema democrático, independentemente das características singulares de cada país, vive um momento crítico, ao ser posto em xeque enquanto modelo garantidor de direitos a todos os cidadãos. Diante deste quadro, como o Jornalismo responde (ou deveria responder) aos desafios impostos por novas agendas e atores sociais, crises de representatividade, midiatização da política, rearticulação de elites cada vez mais globalizadas e fragmentação de forças políticas ligadas aos movimentos sociais?

Em que medida o Jornalismo tem contribuído para a manutenção e/ou renovação da democracia nos diferentes países? Os princípios da pluralidade de pontos de vista e da diversidade de vozes têm sido observados nas coberturas políticas? Os novos atores sociais têm espaço nas notícias políticas ou repetem-se a agenda tradicional de temas e as abordagens negativas sobre a política? Novos enfoques – problematizadores, contextualizadores, menos fundamentados em preconceitos, opiniões ou alinhamentos ideológicos mais ou menos explícitos – têm sido buscados nas coberturas? Ou ainda se enfatizam as supostas manobras de bastidores das elites, as negociações entre grupos partidários, o folclore político e as denúncias de todo tipo? A democracia tem sido valorizada no discurso e na práxis jornalística?

Com este Dossiê, espera-se publicar textos que enfoquem as múltiplas dimensões das relações entre Jornalismo e Democracia, especialmente as interações entre fontes e jornalistas em ambientes democráticos e autoritários, os limites da liberdade de expressão, jornalismo, mídias sociais e mobilização política, coberturas jornalísticas sobre escândalos políticos e denúncias, coberturas eleitorais, jornalismo político e os novos atores sociais, pluralidade e diversidade no jornalismo, novas temáticas no jornalismo político.