Liinc em Revista Recebe Artigos para Dossiê sobre “Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura”

O Periódico Liinc em Revista está recebendo submissão de artigos para o dossiê “Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura” até o dia 02 de fevereiro de 2020. O dossiê será publicado em seu número 1 do volume 16, no mês de maio de 2020.

O dossiê é organizado pelos profs.. Marco Schneider (IBICT), Marcos Dantas (UFRJ) e Pablo Nabarrete Bastos (UFF).

Aceitam-se artigos originais em português, espanhol e inglês. Os artigos passarão por avaliação às cegas entre pares. Não serão aceitos artigos fora do escopo temático do dossiê. As regras de submissão da Linc em Revista podem ser acessados aqui.

A chamada para o Dossiê segue abaixo:

Chamada

A Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (EPICC) situa-se na interface entre a Comunicação Social, de onde deriva, e vertentes críticas da Economia Política. Embora não hegemônica no campo da Comunicação, a EPICC, ou simplesmente EPC (Economia Política da Comunicação) – abreviação que aponta para sua origem e maturação epistêmicas – já é cinquentenária e possui associações científicas, periódicos e grupos de trabalho em associações maiores, nacionais e internacionais, sendo, portanto, um subcampo que goza de considerável consolidação teórica e institucional no campo da Comunicação Social. Já no âmbito da Ciência da Informação, embora tenha sempre havido pesquisadores individuais que dialogam com as vertentes críticas da Economia Política, não se pode afirmar que haja uma consolidação similar desses estudos nos termos do que mereceria ser adequadamente denominado de um subcampo de Economia Política da Informação. De todo modo, neste momento de desenvolvimento das forças produtivas em que as tecnologias da informação e comunicação são estratégicas na produção, circulação e reprodução ampliada do capital, a Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura atualiza e expande seu leque de estudos a partir das transformações concretas da realidade, demandando mais atenção por parte da Ciência da Informação.

A presente chamada da Liinc em Revista convida pesquisadores interessados a discutirem os desafios postos acima, de natureza histórica, teórica, epistemológica e sócio-epistemológica, em diálogo com os temas listados a seguir: economia política da comunicação científica; informação, mediação, conhecimento e valor; economia política da vigilância e controle digital; capitalismo digital, capitalismo semiótico, capitalismo das redes, capitalismo algorítmico, capitalismo cognitivo, capitalismo de plataforma, capital-informação; geoeconomia e geopolítica da informação e do conhecimento; trabalho info-comunicacional, alienação do trabalho e materialismo histórico; propriedade intelectual e rentismo do capital; dimensões tecnopolíticas e regulatórias da reestruturação produtiva da informação e da comunicação.