Bolaño discute comunicação e conjuntura política à convite de central sindical uruguaia

césar

Por Carlos Figueiredo

O papel da comunicação sindical e a produção de conteúdo a partir da perspectiva dos trabalhadores foram os eixos da palestra proferida por César Bolaño, líder do grupo de pesquisa Comunicação, Economia Política e Sociedade (Obscom/Cepos), em Montevidéu, na sede da PIT – CNT (Plenario Intersindical de Trabajadores – Convención Nacional de Trabajadores), central sindical uruguaia, no último dia 20 de maio.

A palestra aconteceu poucos dias após a inauguração da emissora de televisão Mi Canal, de sinal aberto e controlada pela PIT – CNT, um fato raro na América Latina, região cujos países primam pela concentração dos meios de comunicação nas mãos de poucas empresas privadas.

Bolaño discutiu a conjuntura política da América Latina, e o papel dos grandes meios de comunicação na defesa de posições hegemônicas e no esvaziamento de políticas sociais de implantadas por governos progressistas. O pesquisador apontou também a importância de trabalhadores organizados possuírem meios de expressão e difusão de ideias como contrapeso aos grandes meios de comunicação de massa.